segunda-feira, 9 de abril de 2012

PESSOAL
  SOUBE  QUE  OUTEM  FOI  A  PASCOA  E QUERO MOSTRAR AS SEGUINTES IMAGENS ;
 NHAM NHAM QUEM NÃO VAI QUERER UM DESCES EM KKKKK

sapato pra as mulheres kkkkkk....

MULHERADA ISSO AQUI É PARA VOCÊS 
Brownie
INGREDIENTES
- 6 ovos
- 600g de açúcar refinado
- 250g Cobertura com chocolate amargo
- 200g de manteiga
- 150g farinha de trigo (1 xícara)
- 100g nozes ou castanha moída (Opcional)
- Gotas de baunilha
MODO DE PREPARO
Derreta o chocolate e a manteiga em banho-maria.
Reserve.
Bata os ovos com a metade do açúcar, até dobrar de volume.
Com a batedeira ligada, acrescente o restante do açúcar, misturando bem.
Desligue a batedeira e misture o chocolate reservado e frio, e delicadamente junte o trigo e as nozes.
Em assadeira untada e forrada com papel manteiga, derrame a massa, levando em forno pré-aquecido (180ºc) por cerca de 20min.
Dica: Fazer em forminhas individuais ou depois de assado, cortar com cortadores para biscoitos.
E eu sei que depois dessa receita você irar ficar louco!!!!!!!!!!!!! 

sábado, 26 de março de 2011

DIA MUNDIAL DO CHOCOLATE... ADOGO!!!!

O chocolate é um alimento de grande valor nutritivo e energético.
Seus três ingredientes: cacau, leite e açúcar levam-no a ser considerado como um alimento balanceado, devido ao teor de proteínas, carboidratos, lipídios, sais minerais e vitaminas.

Foi reconhecido não só pelo seu delicioso sabor, mas também pela presença de substâncias chamadas de fitoquímicos, as quais demonstraram em pesquisas científicas benefícios potenciais à saúde do ser humano. Um exemplo de um grupo de fitoquímicos presente no cacau e de importante destaque é o grupo dos flavonóides.

As sementes de cacau e seus derivados (como o chocolate amargo, o cacau em pó e a massa de cacau) são fontes alimentares ricas em flavonóides, devido ao alto teor destes compostos nas sementes (em torno de 12 a 18%),  sendo que cerca de 60% do total deste grupo de fitoquímicos é formado essencialmente pelas catequinas, epicatequinas e procianidinas. Estes componentes podem agir como potentes antioxidantes no organismo, além de diminuir o risco de doenças cardiovasculares e câncer. Também podem melhorar a saúde do coração promovendo um fluxo adequado de sangue (reduzindo a pressão sanguínea), diminuição da tendência à agregação plaquetária (evitando infarto e acidente vascular cerebral) e a diminuição da oxidação do LDL colesterol.

Em um estudo realizado em 2004, o consumo de cacau e de chocolate
aumentou a concentração de colesterol HDL (colesterol “bom”), o que está
relacionado com a diminuição do risco de doenças cardiovasculares13. Em um
diferente estudo, foi demonstrado que o LDL (colesterol “ruim”) não sofre oxidação dentro do organismo por causa do efeito antioxidante de compostos presentes nos alimentos, como os flavonóis do chocolate, a vitamina E e C14.

teobromina é outro fitoquímico (do grupo dos alcalóides) também presente em grande quantidade nos produtos de cacau. Em cada 100 gramas de chocolate é possível encontrar 160 miligramas de teobromina. Essa substância tem ação diurética, como também tem ação semelhante à cafeína, como estimulante do sistema nervoso central, do sistema respiratório e dos músculos cardíacos.
Além disso, o chocolate é rico em alguns minerais (tais como manganês, potássio e magnésio) e algumasvitaminas (como as vitaminas do complexo B por exemplo). Também apresenta em sua composição um tipo de gordura insaturada chamada de ácido oléico, sendo este conhecido por auxiliar na redução de colesterol.
Alguns tipos de chocolate, principalmente aqueles mais escuros e com menor teor de açúcar, têm maior potencial de contribuir para a saúde em relação aos chocolates branco e ao leite, devido a maior quantidade de cacau presente em sua composição. Mesmo sabendo de todos os benefícios deste alimento, é importante salientar que todo o tipo de chocolate deve ser consumido com moderação. Portanto, procure a orientação de um profissional Nutricionista.

segunda-feira, 21 de março de 2011